As vinhas do Douro: Quinta de Marrocos

Quinta de Marrocos

Na margem esquerda do Douro, bem perto de Lamego, encontramos a Quinta de Marrocos. “Nascida” no início do século passado, é uma das mais antigas da Região Demarcada do Douro e pertence a César Sequeira desde 1979, ano em que a herdou. Professor do Instituto Superior Técnico, é a quarta geração a gerir a quinta e é ele que nos recebe num sábado do início de novembro, quando chegámos para almoçar.

O Douro é precioso, mas nesta altura do ano supera todas as expetativas — ninguém estava à espera de tamanha beleza. As cores do outono tomam conta das vinhas e as encostas pintam-se de laranja, vermelho, amarelo, numa paisagem que se funde com o rio. É de perder a respiração.

quinta de marrocos

quinta de marrocos

quinta de marrocos

Dois dedos de conversa e passámos ao almoço. Os vinhos, do Porto ou de mesa, os azeites, os enchidos, os legumes e as frutas são todos produzidos na quinta e cozinhados propositadamente para nós, que éramos os únicos visitantes do dia, até àquela hora — a época alta tinha terminado há dias atrás, com o fim das vindimas. Começámos com um maravilhoso Porto Lágrima, que acompanha o pão molhado no azeite e os enchidos comidos com gula. De seguida sopa de legumes, servida na marmita que se leva para as vinhas, bacalhau no forno “à Tia Guiomar”, castanhas e maçãs assadas. A fechar, brindes de Porto Tawny 10 anos e o retomar das conversas iniciais.

quinta de marrocos

quinta de marrocos

quinta de marrocos

quinta de marrocos

quinta de marrocos

quinta de marrocos

quinta de marrocos

quinta de marrocos

Da sala com vista para o Douro, partimos numa visita pela quinta, pelas suas histórias, pela sua origem e pelas regras da produção do Vinho do Porto. Visitámos as vinhas, descemos ao lagar e aos armazéns dos vinhos. Terminámos a visita numa pequena sala rústica, cheia de prémios pelas paredes, onde provámos (quase) todos os Portos produzidos. Trouxemos um connosco para recordar e a certeza de que uma viagem alongada pelo Douro é obrigatória.

quinta de marrocos

quinta de marrocos

quinta de marrocos quinta de marrocos

Deixe uma resposta