Uma visita à Casa Azul da Frida Kahlo

Casa Azul da Frida Kahlo

Sou uma pessoa de paixões e a Frida Kahlo é sem dúvida uma delas. A vida, a arte, a forma como viveu são motivos para a ter como um modelo de inspiração e admiração. Quando parti em direção ao México tinha apenas uma certeza: ia visitar a Casa Azul da Frida Kahlo.

casa azul da frida kahlo

Foi uma emoção. A casa dos nossos amigos, onde estávamos hospedados, fica no mesmo bairro da Casa Azul — Coyoacán —,  mas numa cidade gigantesca como a Cidade do México é quase sempre tudo longe. Apanhámos um táxi, o que não foi tarefa fácil. Na Cidade do México escolhemos os táxis autorizados, mas eles também nos escolhem a nós. E nem sempre param. Ou nem sempre sabem onde fica a Casa Azul e vão-se embora. Mesmo depois de apanharmos um táxi, as emoções continuam porque estamos a circular no trânsito da Cidade do México, onde ninguém faz pisca, mas todos buzinam para avisar que vão mudar de faixa. E mudam de faixa frequentemente, sempre irrequietos, sempre a quererem chegar mais depressa. É impressionante como não vimos um único acidente durante duas semanas.

Chegámos e juro que senti um friozinho na barriga quando a vi, toda azul e imponente. Entramos para o pátio interior, central — já todos viram o Frida, com a Salma Hayek? — e a partir daqui somos livres de lá passar todo o dia, a percorrer cada divisão, cada memória.

casa azul da frida kahlo

Não se visita a Casa Azul para ser ver a obra de Frida Kahlo — essa descobri eu em 2006, na excelente exposição realizada no CCB. Visita-se a Casa Azul quase que em peregrinação. Queremos ver onde viveu, como viveu. Os seus objetos, os espaços por onde passou, como os decorou, como eram as coisas de que mais gostava. Queremos aproximarmo-nos o mais possível dela, daquilo que ela foi. Eu percorri-a em silêncio, quase sempre sozinha, para não deixar escapar nenhum pormenor.

casa azul da frida kahlo

casa azul da frida kahlo casa azul da frida kahlo

casa azul da frida kahlo

casa azul da frida kahlo

casa azul da frida kahlo casa azul da frida kahlo

casa azul da frida kahlo

casa azul da frida kahlo

casa azul da frida kahlo

casa azul da frida kahlo

casa azul da frida kahlo

casa azul da frida kahlo

casa azul da frida kahlo

Se um dia voltar à Cidade do México, passarei por lá novamente. Sem qualquer dúvida.

Deixe uma resposta